segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Entrou um cisco no meu olho!

Categories:

A imprensa brasileira deve ter olhos de lince. Porque parece que ninguém mais consegue enxergar as irregularidades que acontecem todos os dias em nossa pátria amada.

Basta aparecer na TV o flagrante de alguém pagando ou recebendo propina, de alguém lesando o contribuinte ou coisa parecida e as medidas cabíveis são tomadas. Policiais corruptos são expulsos da corporação, parlamentares são cassados e por aí vai.

Mas será que antes ninguém estava vendo? Ninguém sabia de nada? Aliás, essa frase já virou até bordão!

Hoje, assistindo ao Fantástico, vi, mais uma vez, que o cinismo de alguns políticos não têm mesmo limites. Para tentar encobrir o que todo mundo já sabia, um político desonesto foi capaz de dizer que não era mais vereador e, sim, comerciante. Ah, tá,entendi. O comércio a que ele se refere deve ser do dinheiro público, que afinal tem sido muito bem aplicado em seus passeios turísticos, coisa que a maioria dos que pagam seu salário jamais poderão fazer... Afinal, a única viagem que o povão pode fazer é a de casa para o trabalho e vice-versa, num ônibus ou metrô que mais parece uma lata de sardinhas vivas, lutando para demarcar seu território.

Senti profunda vergonha ao ver um "ilustre representante do povo" correndo do repórter como um trombadinha que acabou de bater a carteira de alguém. Lastimável...

As eleições estão chegando! Vamos abrir nossos olhos. Mas vamos também fazer nossa parte. Porque, infelizmente, muita gente se diz revoltado mas fica sonhando em  como seria estar no lugar deles e fazer a mesma coisa... comer uma fatia da torta e depois servir pizza no Planalto.

Tudo começa nas pequenas decisões diárias que fazemos. "Molhar" a mão de alguém, dar um jeitinho de levar vantagem sobre o "otário", usar os contatos para ser privilegiado, avançar o sinal vermelho (ninguém tá vendo!) ou assumir as consequências dos nossos atos e ser justo, agir com ética e bom senso. São escolhas. Só precisamos decidir que tipo de pessoas queremos ser e que exemplos queremos dar aos nossos filhos, sobrinhos, netos, alunos, enfim, às crianças do nosso país.

Gostou? Então compartilhe:

Leia Também

2 Comentários Entrou um cisco no meu olho!

9 de agosto de 2010 22:19

OBRIGADA IRÁ POR ESCREVER ESSE TEXTO, CONFESSO QUE SENTI A MESMA COISA ASSISTINDO À REPORTAGEM DO FANTÁSTICO MAS JAMAIS EXPRESSARIA ESSA VERGONHA TÃO BEM EM TÃO POUCAS LINHAS. PARABÉNS!

9 de agosto de 2010 22:22

Obrigada, Siomara. Palavras assim me deixam muito feliz e me inspiram a melhorar sempre. Beijos.

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião, críticas e sugestões.
Obrigada pela visita!